Tags Posts tagged with "Unhas"

Unhas

0 106

Algumas reclamam que mesmo com inúmeros cuidados as unhas quebram, outras que as unhas não crescem e assim por diante. Simplesmente nunca estamos satisfeitas, talvez por que quando se fala em beleza, cuidados e higiene corporal toda mulher é uma perfeccionista, estamos sempre em busca da perfeição.

Primeiro ponto se você faz a sua unha em casa, está na hora de mudar, fazer as suas unhas em uma profissional fará toda a diferença.

Diminuir o uso de acetonas e removedores é uma das alternativas para evitar a quebra.

Procure hidratar constantemente as mãos e unhas com cremes a base de uréia.

Tire o esmalte um dia antes de fazer a mão para que unha possa respirar.

Para tirar a cutícula, tenha sempre em mãos o potinho com água morna e o creme,  somente tire o excesso da cutícula, nada de tirar aquele bifão.

Ao comprar removedor de esmalte prefira aquele que não contém acetona.

Lixe as unhas com cantos arredondados para evitar a quebra, outra dica importante é fazer uso daquela base fortalecedora.

Em falar em fortalecedor preste atenção nos modelos que contém o polêmico FORMOL. Não se pode negar que o formol realmente fortalece as unhas mais se usado em excesso provoca o efeito inverso, ressecamento, efeito alergênico e por fim a quebra.

Após a aplicação do esmalte use o top coat (extra brilho), vai deixar o esmalte mais bonito e prorrogar a sua durabilidade. Tudo bem esse foi um toque antenado, não é bem um cuidado mais uma tendência, com certeza fará muita diferença.

Para evitar aquelas bolinhas que aparecem longo depois de fazer a unha, basta lavar as mãos com água bem gelada antes de começar a pintar. Essas bolinhas aparecem por causa da alta temperatura da mão, executando esse processo de resfriamento você não terá mas esse problema.

Se você gosta de unhas postiças, de uma manerada, os produtos usados para colar as unhas são produtos fortes e excesso podem ser prejudiciais a lâmina ungueal.

Uma boa alimentação é a chave de tudo!

Uma boa alimentação permite que o nosso corpo e mente trabalhem em perfeita harmonia, isso também interfere na nossa saúde bucal, olhos, mãos e unhas. Procure manter uma alimentação balanceada rica em vitaminas e minerais como biotina, zinco, silício, vitamina A, aminoácidos entre outros.

Se você já tomou todos esses cuidados e mesmo assim as suas unhas não param de quebrar. Preste muita atenção: a fragilidade ungueal pode ser o primeiro sinal de algumas doenças, por isso é bom consultar um especialista (dermatologista) que irá examinar as causas e o efeitos e indicar o melhor tratamento para sanar o problema.

Reforço que uma alimentação desregrada pode ser uma das causas do problema, portanto, não exite em ter uma alimentação balanceada rica em vitaminas e minerais, com esse certeza após a adoção dessa dieta você notará uma grande diferença nas suas unhas.

0 31

 

Como cuidar de unhas manchadas

Unhas manchadas podem indicar problemas de saúde, ou falta de nutrientes no organismo. Quando as unhas estão com pequenas manchas brancas, por exemplo, pode ser um sinal de que estão faltando proteínas e zinco no organismo.  Se as manchas persistirem pode ser um indicativo de problemas renais, sendo necessário consultar um médico.

Quando as unhas estão com manchas amareladas ou amarelas – o que é comum em fumantes – pode ser sinal de diabetes, doenças do fígado e excesso de betacaroteno no corpo. Manchas roxas podem indicar doenças cardíacas, tumores e micoses. Já as esverdeadas podem significar que as unhas estão sofrendo com micoses ou infecções causadas por bactérias, enquanto as manchas escuras nas unhas podem se referir a problemas do coração.

Para tratar e prevenir unhas manchadas é preciso tomar algumas precauções como levar sempre seu kit próprio à manicure, não cortar com alicate ou tesoura as cutículas das unhas e evitar esmaltes que sejam feitos à base de formaldeído e tolueno. Utilizar luvas para lavar a louça também é uma forma de prevenir dermatites de contato, além de evitar tirar os cantos das unhas.

Entre os cuidados necessários para tratar unhas manchadas estão usar hidratantes para as unhas, ter uma alimentação equilibrada com alimentos que ajudam a formar queratina como castanhas, ovos e grãos integrais, além de evitar lavar as mãos em água quente para não causar o ressecamento da pele.

0 28

Para a grande maioria das mulheres, cuidar das unhas pode se resumir a lixá-las, tirar um pouco de suas cutículas e esmaltá-las. No entanto, alguns cuidados podem ser tomados, antes do procedimento. Eles ajudam a proteger as unhas, além de contribuir para que os esmaltes permaneçam por mais tempo.

Cutículas

– Este assunto merece atenção especial. É hábito das brasileiras remover totalmente a cutícula. Certamente, você já ouviu que isso não é nada bom para as unhas, já que essa pelinha é a sua proteção natural.

– Caso você queira abandonar o hábito, é preciso ter paciência para cuidá-las, até que fiquem finas, novamente. Se optar por não retirá-las mais, então a dica é usar muito hidratante, diariamente. Com o passar do tempo, elas irão ficar como antes. Mas ainda é muito comum a pessoa hidratar as cutículas antes de retirá-las. Neste caso, evite água e sabão. Prefira amolecê-las com um creme especial para isso. Então, apenas empurre-as ou retire-as, caso seja este o seu desejo. Mas, lembre-se: isso não é saudável.

Quem perde tempo ou dinheiro fazendo as unhas quer que os esmaltes permaneçam nelas, pelo período mais longo possível. Porém, para que isso aconteça, é preciso prepará-las, antes da esmaltação. Primeiramente, lixe-as todas muito bem. Não deve ficar nenhuma pontinha na unha, pois isso é o que fará com que o esmalte comece a lascar, mais cedo. Você também pode usar uma lixa menos corrosiva, ou seja, mais fina, preparando também a superfície da unha, caso ela não esteja uniforme. O acabamento ficará bem melhor.

Também é indicado limpar a unha antes de esmaltar. Qualquer vestígio de sujeira, como restos de cremes e outros produtos, bem como o próprio pozinho da unha lixada, será desfavorável a uma boa esmaltação. Estas sujeirinhas contribuem para que o esmalte comece a desbotar, mais cedo.

Quanto mais lisinha a unha estiver, mais o esmalte ficará bonito, nela. Não é somente a lixa uma aliada para esse preparo. A base existe, justamente, para isso. Com ela, a superfície da unha ficará mais uniforme, contribuindo para que o esmalte fique ainda mais brilhante.

Portanto, nunca dispense este produto, mesmo que a cor escolhida seja clara. Aliás, usar base antes do esmalte é ainda mais importante, quando este tem cor escura. Isso evita que a unha fique manchada, ao retirar o produto com acetona ou removedor.

13 135

Assim como todo o corpo, as unhas precisam de cuidados e higiene para não ocasionar problemas ao organismo.

Para evitar doenças, higiene é fundamental. Algumas doenças graves, como câncer se manifestam nas unhas, por essas e outras elas precisam ser bem cuidadas.

Todos devem tomar precauções, mas as pessoas que cuidam das unhas no salão precisam de atenção em dobro, assim como as próprias manicures e pedicures. Nesse caso de ferramentas compartilhadas, é preciso fazer esterilização e desinfecção.

  • Descamação: A descamação da borda da unha, chamada onicosquizia geralmente é causada por fatores pessoais e extremos, como utilização frequente de produtos de limpeza. Escassez de ferro e alguns nutrientes também pode dar origem ao problema.
  • Encravadas: As unhas encravadas podem surgir por causa de cortes desleixados. As pontas penetram na pele, machucando-a. Em alguns casos esses ferimentos se tornam infecções se não forem cuidados desde o início. Nos pés é possível evitar o ocorrido utilizando sapatos confortáveis, que não sejam apertados.
  • Micose: A micose, muito comum nas unhas, é causada por fungos. No geral esses fungos se multiplicam em locais quentes e úmidos, como dentro dos sapatos. Tratar a micose não é difícil, e a doença pode ser curada com maior precisão se o tratamento começar no início.
  • Câncer: O melanoma, considerado o tipo mais perigoso de câncer de pele, começa com uma pinta, mas também se manifesta nas unhas, formando uma linha escura. Por essas e outras razões é importante manter unhas limpas e bem cuidadas.

Cuidados

– Mantenha suas unhas limpas e secas, porque debaixo delas podem se manter bactérias e outros organismos infecciosos.
– As unhas devem ser cortadas retas na frente e ligeiramente arredondadas nas laterais para manter seu vigor máximo.
– Não as roa. Esse hábito cria um terreno úmido e favorece infecções. Pode também fazer com o seu crescimento seja irregular.
– Evite lixar a parte de cima da unha porque isso destrói a queratina (a proteção natural)
-O contato com a terra e as plantas, pêlos de animais e utensílios contaminados na cozinha ou em manicures podem favorecer infecções por fungos, vírus e ou bactérias.
– O cigarro e certos produtos químicos, até mesmo os esmaltes e os removedores, podem ser prejudiciais às suas unhas e torná-las amareladas.
– Evite mexer em unhas encravadas, especialmente se já estiverem infectadas.
– Mudanças, inchaços e dor nas unhas podem sinalizar um problema sério. Relate qualquer alteração ao seu dermatologista. Ele é o médico que melhor pode determinar qual a conduta terapêutica para o seu caso.

Pessoas com problemas cardíacos podem apresentar unhas um pouco roxas, finas e curvas. Isso acontece porque o corpo diminui a quantidade de sangue que vai para os dedos. A única forma de solucionar é normalizar a circulação sanguínea.

Bom mesmo é cortar unhas com tesoura. Quando elas são roídas e engolidas, juntam-se no intestino e podem furar o apêndice. Modificações no padrão da unha merecem atenção, e é importante não usar esmalte quando elas parecem doentes, com micose ou infecções.

Cuidar das unhas não é uma questão de vaidade, e sim de saúde. Elas precisam estar bem tratadas. Isso vale também para os homens.

0 37

As unhas postiças certamente são um excelente recurso para a beleza feminina, e principalmente para quem gosta de unhas mais compridas, porém não consegue deixar as unhas crescerem pois estão muito fracas ou roídas. As unhas postiças também são bastante indicadas para quem quiser contar com unhas sempre bonitas e impecáveis, apesar disto é para as mulheres que não tem tempo de ir até um salão ou mesmo cuidar de sua casa.

Mas é preciso que se tenha todo um cuidado para que aplique e remova corretamente as unhas evitando problemas estéticos e de saúde.

  • Primeiramente procure retirar as unhas da embalagem escolhendo as que melhor se encaixarem nas suas unhas naturais. Em seguida procure as fixar, procurando de preferência utilizar suas unhas naturais como base que devem estar curtas e polidas, elas não deverão ter ondulações para facilitar a utilização de unhas postiças.

– Procure não pensar em soluções caseiras neste sentido com unhas postiças, use exclusivamente os produtos específicos para esta finalidade. Utilizar colas que não são próprias para esta aplicação poderá danificar seus dedos e ainda queimar a pele.

– Procure aplicar alguns pingos de cola para unhas postiças nas próteses sem exagerar, pressionando assim contra as unhas naturais. Durante a sua fixação procure ter cuidado para não formar bolhas entre as unhas, já que acumulam água e podem gerar fungos ou micoses de unha.

Procure jamais puxar a unha, até que a cola se solte. Fazendo isso somente irá prejudicar a unha original, o que pode deixar resquícios de produtos e até mesmo descamar a sua pele.

E também é interessante se utilizar um solvente especifico para se remover a cola que existe em casas de cabeleireiros.

Normalmente, as unhas postiças duram de 15 a 20 dias, mas o intervalo da manutenção depende do crescimento da unha. O contato com substâncias químicas e produtos de limpeza também pode influenciar na durabilidade das unhas postiças, pois pode fazer com que elas comecem a descolar logo nos primeiros dias. Portanto, a dica é usar luvas se precisar encarar a faxina.

Depois de remover as unhas postiças, invista nos cuidados pós-uso. Use uma base fortalecedora e cremes hidratantes para as mãos e cutículas.

0 31

Ao longo da vida, vamos ouvindo conselhos sobre tudo, mas, nem sempre há comprovação científica ou respaldo no que é falado e muitas vezes, mitos são repetidos como verdades, sem nem nos darmos conta.

É mito que:

Lixar as unhas faz com que elas cresçam mais rápido do que  cortar.

O ato de lixar unhas não tem nenhuma relação com o crescimento, pois, não há interferência na matriz da unha (que é o que a forma).

Pintar com esmalte vermelho deixa a unha mais forte.

Qualquer coloração de esmalte não tem relação com o fortalecimento e resistência da unha.

Pintar a unha com esmalte escuro interfere na coloração natural da unha.

A relação do escurecimento da unha não está ligada a cor do esmalte e sim a algumas substâncias,como o formaldeído, o tolueno e o benzeno,  presentes em alguns esmaltes e que agridem as unhas.

É verdade que:

É preciso dar intervalo de pelo menos 24 horas sem pintar as unhas.

É importante retirar o esmalte, um dia antes de pintar novamente e deixar as unhas sem nenhum esmalte, nem claro nem escuro. Ou seja, nos sete dias da semana, em um deles deve  ficar sem esmaltes nas unhas. Isso vai evitar o enfraquecimento da unha e seu ressecamento, pelo ato contínuo de aplicar a química presente nos esmaltes.

Usar acetona para remover esmalte agride e danifica a unha.

Por ser bastante agressiva, a acetona retira camadas superficiais da unha, ressecando-a e deixando-a cada vez mais fraca e esbranquiçada. A solução é retirar esmaltes com removedores sem acetona.

A cutícula não deve ser retirada, deve ser empurrada.

Proteção natural contra fungos e bactérias, a cutícula nada mais é do que pele que fica sobreposta à unha e por isso não deve ser removida.

O formato das unhas pode facilitar o encravamento.

Em especial, as unhas dos pés precisam ter formato quadrado, que ajuda a evitar que elas encravem e as unhas das mãos podem ter formato ovalado que  ajuda a manter as unhas sem quebrar com facilidade.

No dia em que fizer as unhas do pé, deve-se usar sapatos abertos ou com bicos arredondados.

Como as unhas do pé  ficarão sensíveis e precisam respirar, é importante que não se use sapatos fechados ou muito apertados, até para evitar aparecimento de micoses.

0 24

As unhas são formadas por uma proteína fibrosa chamada queratina e é produzida por glândulas em sua base. Essa proteína também compõe a camada exterior da pele e do cabelo. A função das unhas é proteger as pontas dos dedos das mãos e dos pés.

Quando as unhas apresentam alguma irregularidade, pode ser sinal de algum problema de saúde ou de deficiência nutricional.

Para mantê-las bonitas e saudáveis é fundamental seguir uma boa alimentação, já que a falta de alguns nutrientes e vitaminas podem deixá-las quebradiças e frágeis.

A ingestão insuficiente de vitaminas do complexo B pode provocar listras nas unhas e a falta de cálcio pode torná-las secas e quebradiças. A deficiência de vitamina C e ácido fólico pode ter uma responsabilidade parcial pelo aparecimento de problemas nas unhas.

A biotina e demais vitaminas do complexo B, juntamente com aminoácidos, vitaminas C e E, auxiliam o corpo a produzir queratina e outras proteínas importantes para o desenvolvimento de unhas fortes.

Os cabelos também sofrem com a queda e o ressecamento. Alguns alimentos e nutrientes ajudam na missão de mantê-los saudáveis e bonitos.

Dicas de alimentos para as unhas

  • Laranja, pimentão amarelo, mamão, morango, goiaba, limão, tangerina: VITAMINA C
  • Vegetais de folhas verdes escuras, nozes, sementes e grãos integrais: VITAMINA E
  • Peixes de água salgada (salmão, arenque, sardinha), gema cozida, levedura e grãos integrais: BIOTINA
  • Ovo, carne, aves, laticínios, gérmen de trigo, grãos integrais: VITAMINAS complexo B
  • Quinoa, amaranto, carnes: ZINCO
  • Peixes, ovo, frango: QUERATINA

Dicas de alimentos para os cabelos

  • Pepino: SILÍCIO e ENXOFRE
  • Óleo de linhaça: ÁCIDOS GRAXOS ESSENCIAIS
  • Nozes e castanhas: ZINCO
  • Frutos do mar: MAGNÉSIO
  • Vinagre de maçã
  • Feijões, leite, quinoa, carnes e ovos: AMINOÁCIDOS
  • Carne Vermelha, feijão, vegetais de folhas verdes-escuras: FERRO
  • Frutas secas e sementes de girassol: POTÁSSIO

0 41

As unhas dos pés geralmente são esquecidas no inverno, passam a maior parte do tempo coberto por meias e sapatos e tênis. Mas nem por isso elas devem ser esquecidas. Os cuidados devem ser constantes para que elas possam estar sempre belas e saudáveis.

Nada é pior do que ter unhas incomodando quando há necessidade de usar calçados fechados. As unhas dos pés podem ser saudáveis, desde que sejam seguidos alguns cuidados especiais. Se necessário pode ser procurado um especialista em cuidar das unhas dos pés, um “Podólogo” ele tem capacidade de tratar e curar unhas doentes, mesmo de pessoas diabéticas ou com problemas mais sérios.

Confira alguns cuidados necessários a baixo:

– Nunca deixe as unhas pintadas por mais de cinco dias, pode deixá-las fracas. Usar uma base fortalecedora é excelente para que elas fiquem mais fortes e hidratadas.

– Para retirar o esmalte, não use acetona ela é mais forte e resseca as unhas tornando-as frágeis e quebradiças.

– As unhas também necessitam de limpeza, ela pode ser feita com uma escovinha macia.

– Nunca retire as cutículas totalmente, pois elas são a proteção das unhas contra a invasão dos microorganismos.

– Para não encravar as unhas dos pés devem ser lixadas em formato quadrado, e uma vez por mês é aconselhável lixar a superfície das unhas para retirar as impurezas e as células mortas.

– Os instrumentos que serão usados para fazer o corte e a limpeza das unhas devem ser esterilizados e bem limpos para evitar contaminações.

– Para fazer as unhas em um salão de beleza leve as suas ferramentas para evitar que seus pés sejam contaminados, principalmente por hepatite.

– Fazer massagens circulares com creme hidratante ajuda a fortalecer as unhas e mantê-las saudáveis.

– Nunca use calçados apertados nos pés, pois eles podem prejudicar as suas unhas deformando-as e encravando nos cantos.

– Troque os calçados todos os dias para evitar que façam casa e prejudique os pés.

Cuidados com os pés que fazem bem ao corpo

Os pés são muito importantes para o funcionamento do corpo, são eles que sustentam o peso, por isso devem estar sempre bem confortáveis. Usar calçados adequados para cada tipo de atividade é importante para que as unhas não sejam prejudicadas.

Com a aproximação do verão, os calçados fechados são deixados de lado para dar lugar às sandálias confortáveis e abertas onde às unhas dos pés fica a mostra. As mulheres querem estar com as unhas belas e impecáveis para calçar as novidades da estação. Mas depois de vários meses dentro de calçados fechados é uma surpresa encontrar unhas perfeitas. Por isso é importante mesmo no inverno cuidar das unhas dos pés.

Se as unhas apresentarem algum tipo de problema mais sério como fungos e bactérias é preciso procurar um profissional da área para poder tratar as unhas doentes. Existe tratamento, mas é demorado e caro, é preciso muita força de vontade e persistência para tratar as unhas e deixá-las perfeitas para o verão.

Os esmaltes também devem ser de qualidade para pintar as unhas dos pés, elas precisam de cuidados, não é qualquer marca de esmalte que deve ser usada. A preferência é por esmaltes alergênicos que são mais suaves e cobrem as unhas com a mesma intensidade dos outros.

3 32

Cuidar bem das unhas é algo que todos devem fazer. Mãos bem cuidadas ficam bonitas em mulheres e homens. No caso das mulheres, elas sempre foram um toque a mais, na beleza. As texturas e cores dos esmaltes fazem parte do visual feminino e sempre farão. Já, no caso dos homens, unhas curtinhas e lixadas sempre foram o máximo que se poderia observar, nas mãos masculinas. Esmaltes para homens  era algo impensável, até pouco tempo. No entanto, essa figura de machão, que necessita de poucos cuidados para ser bonito e másculo, aos poucos, vem sendo abandonada.

Os homens, cada vez mais, têm se tornado adeptos do uso de muitos produtos e de serviços que, tradicionalmente, fazem parte apenas do universo feminino. Tintura para cabelos cremes faciais , hidratantes corporais, depilação e até alisamentos passaram a ser usados pelo publico masculino. Com isso, surgiu o termo metrossexual, que define este tipo de homem, cuidadoso com sua aparência. Bem antes de muitos aspectos deste comportamento masculino, em escala mais leve, vários homens já cuidavam de suas unhas. Devido à necessidade ou por pura vaidade era comum observar unhas bem cuidadas masculinas, com cutículas cortadinhas e até uma leve e translúcida camada de base, dando um brilho discreto aos dedos. Agora, o universo masculino também deu lugar aos esmaltes coloridos.

Homens que usam esmaltes

Embora ainda pareça estranho, para muitas pessoas, a quantidade de homens que usam esmaltes tem aumentado consideravelmente. Alguns adeptos assumidos e famosos, como o ator Johnny Depp ou o cantor Seal já foram flagrados, em várias situações, usando cores de esmaltes escuras.

As tonalidades mais apreciadas costumavam ser o preto, o azul escuro e o chumbo. Contudo, as unhas masculinas foram se tornando cada vez mais alegres a soltas e, agora, não é nada difícil dar de cara com um sujeito másculo, usando esmalte rosa ou amarelo.

Estranhamentos à parte, a vaidade masculina também pode dar espaço aos esmaltes. Não precisa ser um roqueiro, para usar unhas pretas; bem como não precisa ser mulher, para poder usar um esmalte vermelho ou roxo. Se as unhas são mais uma parte do nosso corpo a ser trabalhada, em prol da beleza, os homens também podem fazer o mesmo uso delas.

Marcas de esmaltes masculinos

No Reino Unido, o principal grupo de cosméticos para unhas, o Nails Inc, anunciou a previsão de um faturamento de, aproximadamente, 22 milhões de euros, somente no ano de 2012, por conta da venda de esmaltes para homens. De olho nesta projeção, algumas marcas nacionais e outras internacionais já estão se mexendo, a fim de lucrar, também, com esse novo gosto masculino. A Risqué, por exemplo, já tem uma linha, destinada aos homens.

A Big universo também já se antenou na tendência. Embora ainda tenham cores mais discretas, osesmaltes masculinos agora fazem parte dos frasquinhos, à venda. A ideia é direcionar, mesmo, estes produtos para o público masculino. Por isso, alguns deles até receberam nomes interessantes, que remetem a ações masculinas, como: Minerador de carvão, Profissional do golf, Toureiro, etc.

Ao que tudo indica, os frasquinhos de esmaltes serão mais um motivo de briga e disputa, entre os casais.

0 16

Manter as unhas sempre bem aparadas e bonitas é uma das grandes vaidades femininas. A todo o momento são lançadas novas linhas de esmaltes, novas corese design super modernos. As mulheres simplesmente enlouquecem. Algumas vezes, no entanto, as unhas se tornam fracas, quebradiças e sem vida. Sinal de que você pode estar com algum problema. Não hesite em procurar um médico para diagnosticar a real causa disso.

– Usar luvas de borracha abafa as unhas, favorecendo a proliferação de bactérias. Portanto, procure use luvas pelo menor tempo possível e quando lidar com água e produtos químicos, pois ambos podem prejudicar suas unhas;

– Sempre é bom ficar pelo menos um dia sem passar o esmalte. Aproveite a pausa e hidrate as unhas com óleos ou cremes. Procure evitar ficar com esmalte por dias a fio;

– Acetona é uma substância forte e que se passada com muita frequência nas unhas pode ressecar e enfraquecê-las. O indicado para retirar o esmalte são os removedores que não tenham como base a acetona;

– Hidrate suas unhas periodicamente. Expostas a agressões diárias e também devido ao uso do esmalte, elas têm a tendência de ressecar mais. Suas cutículas também devem ter o mesmo cuidado;

– Algumas pessoas acreditam que usar a lixa é melhor que a tesoura. O efeito na verdade é o mesmo, pois elas somente agem nas pontas das unhas;

– Não tire a cutícula. Ela é a responsável por proteger suas unhas das bactérias e fungos com os quais temos contato diariamente. Sem as cutículas ficamos mais expostos a infecções. O correto é empurrar as unhas ou cortar muito de leve, quinzenalmente;

– Há o mito de que usar esmalte vermelho fortalece as unhas. Mas essa é apenas uma sensação, pois eles são mais grossos que os esmaltes clarinhos;

– Se sua unha encravar, não tente dar um jeito sozinho. O especialista em unhas se chama podólogo. Não permita que o problema se agrave já que uma unha encravada dói muito e traz junto uma série de desconfortos;

– Há várias maneiras de evitar que a unha encrave. Não as use curtas demais, deixe-as sempre no formato quadrado e evite sapatos de bico fino. Cortar os cantinhos da unha é um risco. Basta dar uma lixada para evitar que a unha penetre na pele.

– Os alimentos que devem ser ingeridos para proteger as unhas são as carnes, fontes de vitaminas do complexo B, arroz e hortaliças verdes.

8 59

Cuidar das unhas é muito mais do que apenas estética é também uma questão de saúde, afinal as unhas são consideradas um cartão de visita, por isso nada melhor do que estar com as unhas sempre bonitas e bem cuidadas. Hoje vamos falar um pouco do assunto e das principais tendências, confira!

Unhas marmorizadas

As unhas marmorizadas estão fazendo um grande sucesso entre as brasileiras, com um resultado bastante charmoso, além de ser fácil de fazer. Para o verão a dica é usar cores mais claras e vibrantes como o pink, branco, amarelo, azul claro, laranja, entre outras cores de sua preferência. Já para o outono/inverno invista em tons mais escuros como o preto, cinza, vermelho, azul escuro entre outras cores.

Passo a passo

Você vai precisar de:

– Removedor de esmalte;
– Palito de unha;
– Fita adesiva;
– Toalhinha de papel ou tecido;
– Esmaltes (mais de duas cores)

Como fazer:

1° Pinte as unhas como de costume com uma base ou outro esmalte claro como o branco ou renda (de sua preferência);

2° Envolva o dedo com uma fita adesiva para não sujar muito os dedos quando mergulhar na água com os esmaltes. Cuidado para não cobrir a unha.

3° Pingue algumas gotas no centro do copo com água (como no vídeo abaixo), alternando entre um e outro para depois criar um “efeito” colorido. As cores então vão se espalhar. Com o palito mecha cuidadosamente, sempre limpando o pincel para criar um bom formato.

4° Em seguida mergulhe as unhas com ela para baixo para fixar melhor o esmalte, e retire o que sobrou com o palito  ainda com os dedos dentro da água. Então, retire os dedos da água, a fita adesiva com cuidado e remova o excesso com o removedor de esmaltes.

Dica: Se preferir você pode mergulhar a mão de uma vez só, ou trocar a cada unha, criando efeitos bem diferentes. Se desejar passe um outro esmalte por cima com glitter, o resultado é maravilhoso!

 

0 20

Existem coisas que só trazem malefícios mas ainda assim nós não conseguimos largá-las. Um bom exemplo disso são os vícios, dentre eles um que muita gente considera inofensivo mas não é: roer as unhas.  Além de demonstrar falta de controle emocional o hábito de roer as unhas pode trazer uma série de riscos à saúde.

O ato de roer as unhas possui o nome de Onicofagia, e esse ato surge na vida da pessoa ainda quando é criança, depois que adquiriu tal vicio ou costume a pessoa não consegue parar mais e roí as unhas para a vida toda.

Confira dicas simples, mas muito eficientes para você deixar de roer as unhas:

Controle é fundamental: Uma vez decidido a parar de destruir as unhas, procure seguir todos procedimentos que poderão fazer com que você abandone esse terrível hábito.

Manter as unhas curtas: quem possui esse hábito deve começar aos poucos. Para inibir a vontade de “atacar” as unhas, mantenha-as curtas e lixadas. Assim a tentação será menor e o acumulo de micróbios que causam doenças também.

Faça as unhas todas as semana: manter as unhas bem cuidadas pode ser um incentivo a largar o vícios. Assim toda a vez que você ver quão belas estão suas unhas, terá pena de desperdiçar o tempo e dinheiro gastos para deixá-las assim.

Tenha uma experiência com unhas postiças: sem unhas não há como roe-las, certo? Pois então, colocando unhas postiças você cria uma barreira e não consegue acabar com as unhas. Apenas não exagere no uso das postiças pois isso pode danificar as unhas.

Passe um esmalte de gosto ruim: essa prática pode ajudar quem ainda não se tocou que roer unhas não é bom. Toda vez que leva a mão à boca a pessoas sente o gosto ruim e imediatamente se arrepende da atitude impulsiva. A mesma dica que o de cima, não exagere para não danificar as unhas.

Masque um chiclete sempre que possível: parece que não, mas toda a vez que estamos com um chiclete na boca, esquecemos totalmente que temos unhas. Sempre que possível é bom contar com um no bolso para afastar a tentação.

Descubra a causa do problema: depois de seguir todas as dicas acima é hora de testar seu autoconhecimento. Avalie o seu dia e tente descobrir em quais momentos você leva a mão à boca. Assim você deve procurar resolver essas questões para aprender a lidar com elas de outra forma.

Hipnoterapia

Existe um tratamento de três etapas que podem eficientemente parar a mania de roer as unhas, mas você deve estar motivado a fazê-lo. O passo essencial envolve a hipnose.

Certifique-se que o hipnoterapeuta seja psicólogo, ou médico, pois são profissões que, por lei, detém responsabilidade jurídica e ética sobre os tratamentos que aplicam. As técnicas utilizadas pelos profissionais para fazer sugestões benéficas para o seu inconsciente são totalmente diferentes de técnicas usadas para recuperação da memória ou regressão de idade. Assim, o uso de hipnoterapia para tratar a compulsão de roer as unhas não resultará em busca de traumas ou memórias indesejadas, o que acontece apenas em práticas amadoras ou místicas que fazem uso da hipnose.

Roer as unhas é uma compulsão, como qualquer outra, apenas a determinação consciente, geralmente, não é suficiente para eliminar este comportamento. O tratamento profissional usando a hipnoterapia e outras estratégias psicológicas disponíveis, garantirão os resultado mais breves e eficientes, conduzindo a uma intervenção bem sucedida para eliminar a compulsão de roer as unhas.

Parar de roer unhas envolve bastante disciplina e força de vontade. É preciso ficar constantemente atento para não se deixar levar pela tentação de roer as unhas!

0 24

As unhas são como a pele e os cabelos necessitam de cuidados especiais e ainda muitos problemas podem se refletir através das unhas.

Hábitos de vida incluídos na rotina diária, hereditariedade, alimentação e muitos outros fatores contribuem para unhas fortes e saudáveis. Muitas doenças e problemas de saúde podem ser diagnosticados através das unhas como a anemia, diabetes, AIDS, doenças renais, depressão, gastrointestinais, lúpus, leucemia, deficiência de nutrientes, estresse e ainda o ato de roer as unhas.

Para tratar as unhas fracas primeiramente é preciso saber a razão de elas estarem fracas, o exame de sangue recomendado por meio de uma consulta média é o mais indicado. Caso os exames não apontarem nenhum problema, talvez seja o modo como você as trata que está prejudicando.

Lixar e cortar

As unhas das mãos não necessitam ser cortadas, apenas lixadas, além de garantir o formato ideal lixando-as previne as lascas e descamações. Já as unhas dos pés devem ser cortadas de maneira que não as encrave. Uma dica antes de lixá-las é deixar por alguns minutos de molho em água morna.

Opte por esmaltes hipoalérgicos e fortalecedores, se possível fique dois ou três dias sem pintá-las para garantir mais oxigenação.

Cuidados essenciais

Uma boa alimentação, rica em alimentos saudáveis e nutrientes, é essencial para que os benefícios sejam garantidos. Além disso, o consumo de água garante o melhor funcionamento do sistema renal beneficiando também suas unhas. A maioria das mulheres e alguns homens costumam retirar toda a cutícula, mas isso é uma atitude errada e pode prejudicar as unhas, uma vez que as cutículas são retiradas as unhas estão vulneráveis a qualquer bactéria, vírus e outros organismos que podem causar infecções e micose.

Pessoas que manuseiam produtos químicos não devem dispensar as luvas de proteção. A maneira mais correta de cuidar das cutículas é hidratando-as com cremes a base de ureia e silicone, o mercado cosmético está cheio de novidades, esmaltes fortalecedores, cremes e muitos outros produtos desenvolvidos especialmente para as unhas e cutículas.

0 95

As micoses são infecções que aparecem inesperadamente causando vários problemas, com algumas atitudes você poderá elimina-la de vez.

micose se manifesta de várias formas, é uma infecção que atinge algumas partes do corpo como as unhas, sendo que as dos pés são as mais afetadas. É causada por fungos e o ambiente úmido, aquecido e escuro, favorece o seu crescimento, a queratina é a substância que forma as unhas e é o alimento dos fungos. Geralmente as pessoas são contaminadas através de outras pessoas pelo uso de tesouras ou alicates contaminados, contato com solo ou animais.

Sintomas

As unhas aumentam de espessura e ficam grossas e endurecidas, a micose pode ser acompanhada de dor, mancha branca na superfície da unha que fica frágil e quebradiça, geralmente se quebra nas porções anteriores e pode ficar deformadas, a unha pode ficar oca e começar a descolar pelos cantos.

Prevenção

Hábitos higiênicos são fundamentais para evitar as micoses, pois para prevenir é necessário usar luvas para mexer com a terra, não andar descalço em pisos constantemente úmidos (saunas e vestiários), utilizar somente materiais pessoais para cuidar das unhas como lixas, alicate e tesouras, manter seu material sempre limpo e esterilizado.

Tratamento

Para micose de unha é demorado, pois é realizado com comprimidos de compostos antifúngico ou antimicóticos, pode ser aplicado um esmalte com composto antifúngico, saiba que o crescimento de uma nova unha requer um longo tempo, uma unha normal e sadia crescem cerca de 2 mm por mês.

Higienização

A micose de unha pode se espelhar, pois é fundamental manter atenção especial com a higiene, uso de lixas e alicates que podem ocasionar a contaminação e também a proliferação do fungo causador da micose, prejudicando as unhas saudáveis, o médico dermatologista irá indicar a aplicação de esmalte cosmético para se livrar da micose.

É necessário manter os pés limpos, lavar e secar todos os dedos, aplicar creme de hidratação nos pés, aplicar pomadas e esmaltes antifúngicos no local afetado duas vezes ao dia, evitar o uso de sapatos fechados e meias de tecido sintético, opte pelos calçados abertos para manter o local ventilado, é muito importante realizar o tratamento corretamente porque o fungo pode estar fraco e ainda não ter sido eliminado completamente, quando a pessoa abandona o tratamento e acha que o problema já está resolvido o fungo se fortalece e a micose volta mais resistente ao tratamento inicial.

0 23

Como evitar bolinhas no esmalte.Você compra o esmalte mais lindo do mundo, gasta um bom tempo fazendo as unhas e o que vê na hora que finalmente fica pronto: um monte de bolinhas! Não dá uma raiva quando isso acontece?

As correntes de ar podem ser responsáveis pelas temidas bolinhas nas unhas. Portanto, o melhor é não ficar perto de portas e janelas, do ventilador ou do ar-condicionado quando estiver usando o esmalte.
O fato é que mesmo tomando esses cuidados, elas podem aparecer. De nada adianta se trancar no quarto com todas as janelas fechadas se a temperatura do seu corpo estiver elevada. Se as suas mãos e dedos estiverem quentes, as bolinhas no esmalte surgem num piscar de olhos, não tem jeito.
No entanto, existem algumas formas de evitá-las. São truques simples e que funcionam mesmo, é só testar.Se o compromisso estiver pra acontecer não jeito, precisamos sair com as unhas descuidadas mesmo, mas é possível evitar esse tipo de situação. Se você pensou que era culpa da sua falta de jeito pra passar esmalte, está muito enganada.

Na verdade, essas bolinhas costumam aparecer quando fazemos as unhas em ambientes muito quentes ou com pouca ventilação. Evitando esse tipo de lugar ao fazer a mão, você pode evitar surpresas desagradáveis quando olhar o resultado.

Um dos truques para evitar as bolinhas nas unhas é esfriar as mãos. Você pode fazer isso borrifando spray secante antes de começar a aplicar o esmalte. Vale usar qualquer marca. Se não tiver o spray em casa, segure pedras de gelo por alguns minutos ou coloque as mãos em uma vasilha com água geladinha.

Quando o esmalte está muito grosso, a chance de as bolinhas aparecerem é maior. Portanto, evite aplicar muitas camadas: duas ou três (dependendo da cobertura do esmalte) são suficientes.

Se as bolinhas já tiverem se formado, dê uma leve pressionadinha nelas antes que o esmalte seque . E para finalizar, a boa e velha cobertura brilhante garante secagem mais rápida e maior durabilidade e ainda ajuda a uniformizar o esmalte. Isso garante unhas bem uniformes, como se você tivesse acabado de sair da maniure.

MATERIAS DIVERSAS

0 40
A moda de usar botas do estilo country voltou com força total porém todos pensam que é só para usar em festas de pião. As botas...

EMAGRECER