O que é Corrimento escuro

O corrimento geralmente surge decorrente do desequilíbrio do Ph vaginal, porém em alguns casos ele indica problemas mais sérios.

O corrimento vaginal conhecido também como leucorreia ou vaginite pode atingir qualquer mulher em qualquer idade, porém é mais frequente na infância devido à higiene inadequada após a evacuação e também em mulheres na menopausa, devido à queda na produção do hormônio estrógeno. Embora o corrimento seja algo desagradável ele é o principal responsável em levar as mulheres aos consultórios ginecológicos.

Corrimento marrom escuro o que pode ser

O corrimento é considerado normal em mulheres durante o período reprodutivo, porém quando apresenta anormalidade de fluxo, com ou sem odor, acompanhado de irritação, ardor e coceira na vagina ou na vulva ocorrida por uma aquisição de micro-organismos, bactérias ou substâncias que irritam, torna-se uma inflamação nos tecidos vaginais, podendo até ocasionar inflamação na vulva, transformando-se em uma vulvovaginite que é um estágio mais avançado da inflamação. O corrimento marrom escuro  pode ainda indicar feridas no útero e colo do útero e também nas trompas de falópio.

Corrimento marrom causas

O corrimento marrom normalmente ocorre devido a alterações no ph vaginal, por fungos e má higienização íntima, com o uso de produtos que irritam como sabonetes, talcos, cremes, preservativos, diafragmas, absorventes íntimos, duchas, objetos eróticos que acarretam lesões e roupas que retém a transpiração.

Corrimento marrom sintomas

Os sintomas são basicamente o corrimento em si, que poderá variar de cor como amarela, marrom escuro e esbranquiçada, pode apresentar consistência gelatinosa ou não, produzindo mau odor, também apresenta coceira ou ardência na região da vagina, que passa e volta depois de alguns dias.

Corrimento marrom tratamento

Ao diagnosticar o corrimento o médico iniciará um tratamento com o objetivo de eliminar os micro-organismos que acarretaram o corrimento, pode ser tratado com pomadas, cremes ou comprimidos, também será preciso à abstinência sexual por alguns dias, assim como será orientado para que seu parceiro procure um médico também.

Corrimento marrom como prevenir

O corrimento pode ser prevenido com medidas simples, como lavar a região íntima com sabonetes neutros, não usar calças apertadas, roupas íntimas preferencialmente de algodão, auxiliando assim na respiração natural da pele, trocar a roupa íntima todos os dias, usar papel higiênico branco e sem perfume, evitar duchas íntimas e não utilizar produtos de higiene íntima como talco.

O diagnóstico é bem simples e pode ser obtido através de análises em laboratórios feito a partir de exames de urina, agora que você já sabe o que é corrimento marrom, suas causas, sintomas, tratamento e o principal como preveni-lo, coloque em prática o que aprendeu para uma melhor qualidade de vida e saúde da região íntima.

Comments

comments