Como cuidar do refluxo

Esta doença se caracteriza por sintomas como a azia e a regurgitação – que é a volta do conteúdo do estômago para o esôfago. Como os líquidos utilizados pelo estômago para fazer a digestão são muito ácidos, esta doença causa muito desconforto na região da garganta e deve ser tratada adequadamente para naõ evoluir e se tornar algo mais grave.

O diagnóstico pode ser feito por meio de relatos do paciente e alguns exames. Existe tratamento com medicamentos, mas o ideal é evitar hábitos que provoquem as crises.

Entretanto, os casos mais graves podem precisar de cirurgia para correção do problema.

A doença do refluxo gastro-esofágico está presente na vida de até 12% dos brasileiros e se você faz parte dessa parcela da população que sofre com o problema, confira dicas para aprender a evitar crises de refluxo.

Como evitar as crises

Para diminuir suas chances de sofrer uma crise de refluxo, é importante investir na reeducação alimentar e na mudança de alguns hábitos. Confira abaixo algumas dicas para que você tenha menos crises de refluxo gastro-esofágico.

Uma das principais dicas para evitar o problema é dividir suas refeições em pequenas porções ao longo do dia. Não é recomendado fazer refeições fartas e comer demais de uma só vez, porque isso pode facilitar a regurgitação do conteúdo estomacal.

A boa mastigação também é essencial para melhorar o processo digestivo e diminuir as chances de ter refluxo gastro-esofoágico. Existem alguns alimentos e líquidos que você deve consumir com moderação para que a crise de refluxo não aconteça, confira quais são:

  • Café
  • Refrigerantes
  • Sucos cítricos
  • Leite integral ou com gordura
  • Suplementos de Vitamina C
  • Alimentos muito gordurosos
  • Frituras
  • Chocolate

Deve-se cortar o cigarro e as bebidas alcóolicas para que o refluxo não ocorra. Recomenda-se também ingerir líquidos apenas algum tempo após a refeição e nunca junto com o alimento.

Outra dica é evitar praticar exercícios físicos ou deitar após uma refeição. Pois isso pode facilitar a regurgitação.

Se mesmo seguindo estas dicas você continuar tendo frequentes crises de refluxo, o ideal é procurar um médico para que ele faça o diagnóstico e indique o tratamento mais adequado.

O tratamento é necessário e se for feito logo no começo, você ficará livre desses incômodos.

O tratamento é feito através do uso de determinados medicamentos, como os antiácidos e uma reeducação alimentar para que o ácido estomacal não retorne mais.

Tenha sempre muito cuidado com receitas caseiras que prometem acabar com o problema e lembre-se que cuidar da alimentação, se nutrindo de forma saudável, é um ponto chave para evitar o incômodo refluxo.

 

Comments

comments