Causas do sangramento no nariz

Young Woman Sneezing into a Handkerchief

O sangramento do nariz recebe o nome de epistaxe e costuma ocorrer principalmente em crianças.

As principais causas são:

  • Infecções virais ou bacterianas;
  • Crises alérgicas;
  • Traumas internos (como a manipulação da cavidade pelo dedo);
  • Traumas externos;
  • Ar ambiente com baixa umidade;
  • Uso de medicação tópica;
  • Uso de drogas, como cocaína;
  • Aumento da fragilidade dos vasos secundário a problemas como varizes ou pequenos tumores.

Ao constatar uma epistaxe, o primeiro passo é manter a calma, sentar-se ereto (para evitar a deglutição do sangue e diminuir a pressão nos vasos) e fazer uma compressão das laterais do nariz contra o septo nasal utilizando os dedos, durante aproximadamente 10 minutos. Na grande maioria das vezes esse evento é autolimitado e não necessita de atendimento médico.

É importante se lembrar de que não se deve tentar inserir nada nas narinas e muito menos assoar o nariz durante 7 dias. Também não é recomendada a limpeza com cotonetes, dedos, pinças ou lenços. O uso de aparelhos umidificadores de ar pode contribuir muito para a hidratação da mucosa nasal e prevenir esse tipo de evento.

Nos casos em que o problema se prolonga ou ocorrer em grande frequência, vale a pena procurar ajuda de médico especialista, para que seja realizada a investigação do caso e instituído o tratamento mais adequado, que pode incluir métodos como cauterização (química ou térmica) dos vasos da região afetada.

Em outros casos pode ser necessário o uso de tampões nasais (de algodão, gaze, esponjas ou materiais expansíveis) durante até 48 horas. Apesar de incômodo, esse método é altamente eficiente e quando os tampões são retirados, geralmente o problema se encontra em fase de cicatrização.

 

Comments

comments