Como cuidar de mini rosas

images (5)

As mini rosas são plantas delicadas, bonitas e capazes de deixar o jardim da residência com um visual deslumbrante. A espécie, que tem o nome científico de Rosa Chinensis, é nativa do sudoeste da China e se diferencia das demais plantas pelo fato de ser uma miniatura da rosa convencional.

Os arbustos de rosas compactas alcançam de 30 cm a 60 cm de altura. Eles têm floração contínua e valorizam diferentes cores, como branco, vermelho, amarelo, laranja, rosa e púrpura. Além da variedade de tons, as flores também apresentam durabilidade.

As mini rosas são boas para plantio em vasos, jardineiras e outros recipientes com pouco espaço. Além de enfeitar os jardins externos com delicadeza, a planta também tem se tornado tendência na decoração de interiores.

As flores aparecem durante o ano todo nas mini rosas, mas é na temporada de primavera e verão que os botões desabrocham mais. A planta tem como característica as folhas serradas e mais escuras nas bordas. A espécie também se destaca por causa do caule fino com espinhos.

Dicas

As minirosas devem ser cultivadas em lugares com sol pleno ou meia-sombra.

• O cultivo das rosas em miniatura requer solo úmido, com regas realizadas duas vezes por semana.

• O clima que favorece as mini rosas é quente, ameno e úmido.

• A proliferação das mini rosas acontece através do enraizamento de estacas. É necessário escolher os galhos saudáveis que acabaram de florir, cortar as estacas em bisel e enterrá-las no solo. Assim que as mudas pegarem, é necessário fazer o transplante para o vaso definitivo.

• Os brotos e as folhas novas começam a surgir nas mudas a partir de 30 dias do plantio, ou seja, período em que a estaca já se enraizou.

• O solo onde as mini rosas serão plantadas deve ser rico em matéria orgânica e apresentar boa drenagem. A fertilização é recomendada três vezes ao ano, com NPK 06-12-06, torta de mamona ou farinha de osso e adubos orgânicos.

• Após a primeira floração, é necessário fazer uma poda radical na planta. As podas seguintes visam retirar apenas os cachos que já soltaram as suas flores.

• As mudas de mini rosas que foram adquiridas de produtores precisam passar por um período de adaptação.

• A planta necessita de mais cuidados ao ser transportada de um vaso para o outro.

• É importante proteger as mini rosas das principais pragas, como ácaros, pulgões ou oídio.

Comments

comments