Como Cuidar de uma Jabuticabeira

Jabuticaba, jaboticaba ou jabuticabeira é uma árvore originária do Brasil, nativa da Mata Atlântica. Pode ser encontrada com mais frequência no estado de Minas Gerais, além de Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, entre outros. Ocorre desde Mato Grosso do Sul e Minas Gerais até o Rio Grande do Sul. É também conhecida pela designação de fruita.
Seus frutos pequenos, de casca negra e polpa branca aderida à única semente, crescem no tronco e ramos, dando uma característica peculiar à árvore. Além de consumidos in natura, deles se faz licor, geléia e aguardente. Por isso muito cultivada em pomares domésticos. Floresce duas vezes por ano.Uma jabuticabeira leva entre 10 e 15 anos para frutificar.
Ornamental, a planta se presta ao paisagismo, além de atrair a avifauna.
A árvore, de até 15 m de altura, tem tronco claro, liso, e folhas simples.
A jabuticaba é utilizada para vários fins, tanto culinários, como medicinais. Entre estes é mencionada o cozimento da casca, como remédio para a asma. Por sua semelhança à uva, muitos produtos, como o vinho, suco, geléia, licor e vinagre podem ser feitos com a jabuticaba. O suco extraído da jabuticaba é culturalmente chamado em Minas Gerais de “jabuticabada”, nome que já se espalhou por todo o Brasil. A famosa jabuticabada era usada por muitas tribos indígenas para alimentar principalmente gestantes, por ser rica em ferro
A principal espécie de jabuticabeira é Myrciaria jaboticaba (Vell.) Berg, conhecida como Sabará. Mas outras espécies, como a Myrciaria cauliflora (DC.) Berg. ou jabuticaba Paulista, Assú ou Ponhema, conhecida no Estado de São Paulo.

Cultivo em pequena escala
O cultivo de enxertos é mais simples que desde a semente. Plantas enxertadas requerem manutenção cuidadosa. É necessário manter a terra sempre úmida, regar frequentemente e podar os ramos baixos. Entre-safras é necessário escovar o tronco e os galhos para retirar cascas e resíduos das frutas e/ou flores antigas. Para manter úmido, uma boa dica é colocar uma garrafa grande com um furo na base cheia de água ao lado do tronco. Porém regas constantes são indispensáveis para uma boa colheita. Para colher, espere os frutos estarem bem maduros, bem pretos e brilhantes. Quanto mais maduros, mais doces serão os frutos.

Por: Priscila Gomes

Comments

comments