Pele oleosa como cuidar

Maioria das pessoas sofre com o excesso de oleosidade da pele, as causas são inúmeras desde fatores emocionais quanto genéticos, a oleosidade pode ocorrer devido à má alimentação, falta de nutrientes, falta de higiene e cuidados, no Brasil maioria das pessoas tem pele mista, ou seja, sofre a oleosidade em certos pontos do rosto como na zona “T”, testa nariz e queixo, outras pessoas possuem a pele levemente oleosa ou intensamente e para cada caso é preciso um tratamento específico, por isso muito mais importante do que ter cuidados básicos é procurar um médico para orientação profissional.
Quem tem a pele oleosa não deve abrir mão dos produtos específicos, isso porque os produtos para a limpeza, hidratação, tonificação e muitos outros para peles oleosas possuem substâncias especiais que tendem a diminuir a oleosidade e tratar devidamente para que a oleosidade não aumente e não venha a ocasionar cravos, espinhas e problemas nos poros mais abertos.
• Limpeza: é necessário limpar a pele pelo menos duas vezes por dia, logo de manhã e antes de dormir, utilizando um sabonete neutro, formulado especifico para seu tipo de pele, pode ser que algumas marcas sejam uteis para certas pessoas e para outras não, por isso a melhor é testar os produtos, até encontrar o que resolva seu problema ou consultar um dermatologista, ele poderá manipular uma receita especialmente desenvolvida para você ou indicar uma marca. Lembre-se de sempre lavar o rosto na água fria ou morna.
• Depois de feita limpeza é preciso tonificar, utilizar um produto adstringente diário para retirar as impurezas mais resistentes dos poros, o adstringente tem a função de equilibrar a oleosidade da pele, mantendo o pH em equilíbrio.
• Hidratação: mesmo os tipos de pele mais oleosos devem ser hidratados, desde que seja com um produto específico, os mais recomendados são hidratantes em gel, serum, fluido e loções que não contenham óleo em sua composição, em alguns casos existe até a indicação de produtos que contenham ácidos em sua composição para controlar e equilibrar a oleosidade do rosto.
• Esfoliação: existem vários tipos de esfoliação, alguns produtos recomendados para serem usados todos os dias, outros uma vez por semana, esfoliação caseira e muitas outras, mas na verdade o processo de esfoliação pode aumentar a oleosidade, ela é recomendada para ajuda a limpar melhor a pele eliminando as células mortas, mas deve ser feita regularmente com o produto correto, utilizar um produto com esferas pequenas, de acordo com seu tipo de pele ou indicado pelo dermatologista de duas a três vezes por semana é o ideal.
• A oleosidade também pode ser causada pela exposição solar, muitas pessoas acreditam que o sol pode diminuir a oleosidade, isso ocorre no momento, porque depois que a pele estiver em processo de recuperação, a oleosidade será produzido em dobro para que a pele possa recuperar tudo o que perdeu com a exposição solar. Por isso é preciso protegê-la sempre do sol, utilizar o protetor solar todos os dias, mesmo nos dias nublados é indispensável, porém é preciso utilizar o produto recomendado para cada tipo de pele, o protetor deve possuir fator mínimo 15, para pele oleosa deve ser oil free e deve seguir a mesma formulação do hidratante o mais leve possível.
• As mulheres que não dispensam a maquiagem devem ficar atentas, maior parte das marcas de maquiagem possui formulações especiais para este tipo de pele, portanto escolha com atenção a base, o corretivo e o pó que são principais elementos de uma maquiagem, uma dica é utilizar o prime antes da base que deve ser mais fluidas e leve que possua efeito matte, o pó deve ser utilizado apenas nas áreas que a oleosidade aparece mais que é na zona “T” e nas áreas onde foi aplicado o corretivo.
Cuidar da alimentação também é essencial, evitar alimentos ricos em gordura como chocolates, consumir muitas frutas, água, verduras, legumes e muitos outros alimentos que ajudam a pele e todo o organismo a se manterem em equilíbrio.

Comments

comments