Como prevenir a Hemorroida

Essa doença é caracterizada por pequenos vasos sanguíneos existentes na região do ânus. Pode surgir interna (no canal do reto) ou externamente (ao redor do ânus).

Na hora de evacuar, essas veias se dilatam, mas logo voltam ao normal. Porém, em alguns casos, o esforço para evacuar (fezes ressecadas ou intestino preso) provoca uma dilatação que não cessa e o resultado são as hemorróidas, que crescem exageradamente, formando protuberâncias na área externa do ânus, um desconforto total.

A incidência é semelhante em homens e mulheres. No entanto, a gravidez pode trazer desvantagens. “Durante a gestação, os vasos sanguíneos da região pélvica ficam mais dilatados para poder suprir a necessidade de sangue no útero e para o bebê. Além disso, o peso da criança dificulta o retorno do sangue, aumentando a pressão e a chance de aparecerem hemorroidas”, diz Sakano.

O que pode acontecer também por causa do esforço no parto. A boa notícia é que, com frequência, o problema desaparece logo em seguida.

Para prevenir tenha os seguintes hábitos:

  • Lave a região com sabonete neutro após a evacuação;
  • Utilize toalha de algodão no lugar do papel higiênico;
  • Permaneça no banheiro apenas para fazer as necessidades e quando sentir vontade;
  • Nunca force a evacuação.

Alivie o incômodo

Uma fase importante do tratamento é feita com medicamentos e mudanças de hábitos, que não curam, mas amenizam os sintomas, ainda mais em casos menos avançados. “Estamos falando de pomadas e cremes anti-inflamatórios e analgésicos e de orientações simples”, diz o cirurgião do aparelho digestivo Sidney Klajner, do Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo.

Só utilize medicamentos com orientação médica, pois há o risco de aumentar o problema ou apenas aliviar.

Para os casos mais simples de hemorroidas internas (as de grau 1), há ainda tratamentos com gelo e aplicação de infravermelho, que exigem apenas sedação e funcionam como cauterizações (sem que a veia seja retirada) – mais ou menos como se faz com os vasinhos da perna. A recuperação é instantânea.

Por fim, faça um cardápio rico em fibras e beba muita água.

Comments

comments