É difícil encontrar quem nunca apresentou bolhas no pé, em especial, após utilizar um sapato apertado.

  • Principal causa: atrito dos pés com os calçados, sendo devido a meias, sujeiras ou algum corpo estranho;
  • Causas diversas: queimaduras resultantes do calor ou do frio, como por exemplo, a neve.

Para prevenir as bolhas nos pés, é muito importante que os indivíduos utilizem calçados e meias confortáveis. Assim, os calçados devem ser firmes e bem amarrados, de modo a evitar o atrito com os pés, que é a principal causa de formação das bolhas. Outra dica para prevenir a formação de bolhas, é através da utilização de talco ou vaselina para pés.

  • Se ainda existir líquido dentro da bolha e caso a pele não tenha rompido, é ideal deixar como está, ou seja, não realizar o rompimento da mesma;
  • Faça um curativo para proteger a bolha. O ideal é utilizar gazes limpas ou algum pano limpo;
  • Em alguns casos, a bolha pode estourar dentro do calçado e começar a sangrar. Diante dessa situação, lave o local com água e sabão e passe um líquido antisséptico, de modo a evitar qualquer consequência;
  • Se a pele já estiver se soltando, não retire-a. Como se trata de uma pele morta, é ideal que ela caia sozinha, de forma a evitar qualquer problema;
  • Para utilizar chinelos ou sandálias, não caminhe rapidamente, isso evita que a lesão piore. Além disso, o ferimento melhora mais rápido quando o indivíduo utiliza um calçado aberto;
  • O local da lesão deve estar sempre limpo e arejado.

Se caso o ferimento não melhorar, é ideal buscar a orientação de um especialista, de modo a evitar qualquer consequência futura.