Bonsai

0 167

Fazer um bonsai normalmente parece uma tarefa complexa, repleta de regras rígidas, que exige empenho em tempo integral do seu dono, mas isso não é verdade.

bonsai é uma arte japonesa muito simples em sua essência, que procura reproduzir em um pequeno vaso como a árvore seria crescendo no solo, na natureza. Bonsai é como uma miniatura de uma árvore. Mas não há uma altura padrão, pode ter desde alguns poucos centímetros de altura até mais de um metro.

A árvore de bonsai é crescida, conduzida, cuidadosamente modelada e podada para recriarmos a essência de um ambiente natural. As imperfeições da natureza também são reproduzidas em bonsais.

Mas fazer e cuidar de um bonsai requer paciência, pois seu crescimento é muito lento. Entretanto, seu cultivo é considerado uma terapia, reduzindo o stress do dia a dia.

Devemos manipular a planta em alguns aspectos, desviando-a do seu curso natural, mantendo-a sempre pequena e proporcional.

Neste artigo, você verá os principais aspectos da criação e manutenção de bonsais, capacitando-o a iniciar o seu próprio cultivo. Aproveite bem.

0 231

Como cuidar de Bonsai

É importante destacar que os bonsais de interior não suportam muito bem as correntes de ar. Os bonsais de exterior, como o seu próprio nome indica, necessitam das mesmas condições que as árvores que vivem na Natureza. Um bonsai é um ser vivo e necessita apenas 5 minutos da sua atenção diária! Ele pode viver saudável por várias gerações mas, para tal, tem de considerar algumas regras básicas.

  • Exterior – Coloque o bonsai num local onde apanhe  pelo menos 2 a 3 horas de sol directo de preferência de manhã ou ao final do dia. No Verão proteja do sol forte resguardando os seus exemplares para zonas de sombra. Proteja dos ventos fortes. No Inverno proteja das geadas. Nunca coloque um bonsai de exterior dentro de sua casa como por exemplo uma Oliveira, uma Figueira ou uma Azálea. Eles necessitam de sentir o frio e o calor para completarem o seu ciclo vegetativo.
  • Interior – Espécies de origem tropical nomeadamente do sudoeste asiático encontram no interior das nossas casas temperaturas amenas e constantes que apreciam. Coloque o seu bonsai de interior o mais próximo de uma janela com muita luz, em que apanhe 2 a 3 horas de sol directo no início ou final do dia. Não filtre a luz solar com cortinas ou persianas. Não mantenha o seu bonsai junto de aparelhos como aquecedores, ventoinhas, ar-condicionado. Evite zonas de correntes de ar e se tem animais em casa assegure-se que não alcançam as suas árvores!

Para se desenvolver e ter boa saúde, o bonsai precisa,  no mínimo, de 2 a 4 horas de sol diariamente (dependendo da espécie), podendo ainda ficar exposto ao sol, por um ou dois períodos (manhã e tarde) em um ambiente com ventilação. Isso ajudará a evitar que ele venha a contrair pragas e doenças.

Regue de preferência quando a superfície do solo começar a secar, evitando deixar secar por completo, e evite também deixar o solo constantemente encharcado com regas excessivas, isso faz com que as raízes apodreçam e, em alguns casos, provocam a perda da planta. Regue abundantemente o seu bonsai e pare quando a água começar a sair pelo fundo do vaso. Podendo utilizar para a rega, mangueira, regadores e outros recipientes.

Fertilizante: Para se desenvolver e manter sua saúde, o bonsai, como toda planta, necessita de nutrientes, sais minerais, etc. Adube o seu bonsaiperiodicamente (conforme espécie, estação e região) utilizando adubo orgânico e/ou químico. Consulte-nos para maiores informações sobre fertilizantes.

Transplante: Geralmente, de dois em dois anos, a maioria das espécies necessita efetuar uma poda na raiz, troca de substrato (conforme o caso) para se manter saudável. Pois com o passar do tempo o vaso estará repleto de raízes o que dificultará a rega, retenção de nutrientes, drenagem e oxigenação das raízes, e a planta não conseguirá ter boa saúde e um bom desenvolvimento.

Poda: Com o objetivo de manter a forma e estilo do seu bonsai, devemos realizar podas periódicas para que ele não perca o formato e a tendência do seu estilo, além de prejudicar a ventilação, iluminação e ramificação interna da copa da planta. Se você não tiver prática e conhecimento dos estilos existentes, consulte-nos.

Pragas e doenças: As plantas por serem organismos vivos estão sujeitas à contrair pragas e doenças, uma planta estando saudável dificulta, mas não impede de estar livre desses males. Procure através de observação diária, qualquer alteração que esteja fora do normal, nas folhas, galhos e troncos. Como forma de prevenção faça aplicações periódicas de defensivos no seu bonsai.

Existem diversas espécies de plantas, cada qual tem seu habitat diferenciado, procure informar-se sobre a espécie que você adquiriu.

0 108

As orquídeas, da família Orchidaceae, são uma das mais populares tipos de plantas, mesmo sendo bastante comuns. Essa adaptabilidade à maioria dos climas ajuda na sua proliferação e no seu fascínio, algo que, segundo a história, remonta à altura em que a Raínha de Sabá presenteou o rei Salomão, de Israel, com um enorme buquê de flores.

Com muitas formas, cores e tamanhos, as orquídeas crescem facilmente em vaso com o seu formato intrigante, o que faz delas uma das plantas mais bonitas de ter em casa. Fáceis de adquirir, aprenda aqui como cuidar de orquídeas em vaso e melhore o seu jardim pessoal.

Instruções
1
Quando compra uma orquídea, ela vem normalmente num vaso. Logo, a primeira coisa a fazer, é tratar do transplante para um vaso maior quando chega a casa.

Retire assim a planta do vaso e lave as raízes com água corrente. Utilize os dedos para retirar os detritos e as raízes mortas, deixando apenas as saudáveis.

No vaso novo, coloque no fundo uma camada de brita, para drenagem da água. Depois, coloque o substrato e deixe-o bem úmido. Agora coloque a planta num dos cantos e a brotação nova voltada para o centro, já que assim vai ter espaço suficiente para se desenvolver.

Por fim, pode ainda colocar algum adubo orgânico na parte lateral do vaso.
2
Depois de transplantada para o seu novo vaso, as orquídeas precisam de cuidados de manutenção para crescerem saudáveis na sua casa.

Primeiro, não misture no viveiro as suas orquídeas com outras espécies de plantas, de forma a evitar os parasitas. Depois, escolha um local com boa exposição solar, mas onde a luz seja controlada, ou seja, não seja direta, já que o sol pode provocar queimaduras nas suas folhas. A orquídea deve ficar cerca de 70 por cento à sombra.

Não se esqueça que a ventilação também é fundamental para o crescimento das suas plantas, por isso, sempre que possível, deixa as janelas abertas para a renovação do ar da sua casa.
3
A rega também é fundamental para o crescimento das orquídeas. Esta deve ser feita regularmente da seguinte forma: rega-se até a água escoar pelos buracos no fundo do vaso e, depois, espera-se até que substrato vegetal fique seco para regar novamente. Além disso, nos dias de grande calor, pode também borrifar a planta com água, para que ela não desidrate.

Seguindo estas dicas, as suas orquídeas crescerão no vaso sem problemas e saudáveis, abrilhantando o seu jardim pessoal.

1 116

O bonsai é uma árvore pequena cultivada em pequenos vasos com técnicas específicas para que tenham  tamanho reduzido. O cultivo do bonsai é tradição em países do continente asiático. Para muitos povos, o cuidado com a planta é norteado por filosofias espirituais, com vários significados e representações.

Um tipo de bonsai muito cultivado é o de amoreira, que, geralmente, pode medir entre 15 a 60 centímetros e viver até 500 anos. Para cultivar um bonsai de amora é preciso de muitos cuidados para que a planta cresça  saudável e consiga reproduzir as características próprias de uma amoreira convencional.

Regar e adubar

– A rega do bonsai de amora pode ser feita até 2 vezes por dia em estações do ano como primavera e verão. Já nas estações frias, a rega pode dobrar por conta do ressecamento das flores e frutos, entretanto regue somente se o solo estiver seco, mantendo-o sempre úmido, em hipótese alguma encharcado, pois o bonsai de amora pode morrer pelo excesso ou pela falta de água. Além disso, as amoreiras gostam de estar com suas folhas um pouco molhadas e isso pode ser feito durante a rega diária, e lembre-se que não é indicado molhar as flores durante a época de floração.

– Os bonsais devem ser adubados para um melhor crescimento das plantas, fornecendo todos os nutrientes essenciais. Opte por adubos líquidos orgânicos ou minerais, aplique maior quantidade de adubo na primavera, diminua no outono e não adube no verão e no inverno.

Onde deixar

O bonsai de amora, assim como os outros bonsais, gosta de luminosidade, sendo este o fator essencial para o desenvolvimento e beleza do bonsai, afinal a floração acontece por causa da fotossíntese que ocorre na presença luz solar intermediária. Redobre os cuidados nas estações de baixa temperatura, já que a planta não suporta muito bem a exposição ao frio e às geadas.

Os bonsais devem ser trocados de vaso a cada 2 anos por causa do crescimento das raízes, além de serem podados após a floração, retirando folhas e frutos velhos do solo.

1 76

A arte do cultivo do bonsai é feita na china e no Japão há muitos séculos e tem uma posição especial na cultura daqueles países, não só como escultura viva, mas também como um grande objetivo de meditação e aprimoramento interior, a palavra bonsai significa arvore na bandeja, trata-se de uma planta adulta, que por meio de sucessivas podas nas raízes e na copa, continua pequena, a ponto de viver em um vaso. A manutenção do bonsai não é igual as plantas que vive em vasos comuns, com um pouco mais de atenção e mais 25 minutos do seu tempo diário você consegui cuidar muito bem do seu bonsai.

Escolha o Local

O lugar onde deve colocar o vaso vai depender da colocação do sol e da umidade para todo tipo de bonsai que você adquiriu, o local mais recomendado é a varanda ou em alguma janela onde o bonsai pegue um sol pela manha, escritórios ou ambiente com ar condicionado costumam ser fatais para o bonsai, dentro da sua casa não coloque perto de eletrodomésticos.

Rega e umidade

A rega é fundamental para a boa saúde do bonsai, o tempo entre elas determinam a umidade no torrão do bonsai, de forma geral o fundamental é regar pela manha bem cedo ou no final da tarde com água suficiente para esborra  um pouco para fora do vazo, se você colocar um prato ou bandeja nunca deixe água dentro dele, isso apodreceria as raízes e fatalmente seu bonsai morreria. Não considere borrifadas de água como rega, Nunca dispense a rega, em lugares em que água contem muito cloro é bom deixar a aguar de molho por 1 dia ai depois você rega com essa água.

Poda

Mantenha a forma inicial do bonsai, só retirando os brotos ou ramos que cresceram demais,  de forma geral sempre que os ramos atingirem 10 folhas reduza a 2 ou 4 pares conforme o desenho desejado.

Manutenção

O bonsai por ser uma arvore que vive num vaso onde tem pouco espaço para as suas raízes, o mesmo necessita de fertilizantes e adubos, no período da primavera ate o final do verão as plantas estão absorvendo nutrientes, portanto neste período num intervalo de 14 a 20 dias devemos aplicar um adubo liquido tipo ouro verde,  deve colocar um adubo solido de uma lenta recuperação, com bem pouco nitrogênio, Seja bem atento as pragas e doenças, fazendo sempre uma manutenção preventiva a mais ou menos 30 dias,  você antecipara problemas e não deixando ter nenhuma anormalidade, sempre utilize inseticidas, separe o seu Bonsai de outras Plantas.

Por: Priscila Gomes

MATERIAS DIVERSAS

0 38
Ele da um show de beleza.tem um temperamento muito peculiar, e se houvesse uma competição de cães  de quem tem maior graça, ele venceria...

EMAGRECER