Como Cuidar de um Jabuti

BXK60763_jabuti800

Como cuidar de um jabiti.

Se você cogita ter um bicho desses em casa, precisa conhecer os cuidados que ele requer para viver com muita saúde até… 80 anos (sim, ele pode chegar lá)
Bom sendo assim a alimentação deve ser o mais variada possivel trata-se de uma especie basicamente herbivora podes fazer:

50% fruta figos, melão, pera, maça, papaia, bananas, laranja, melancia uvas etc…
as frutas devem ser maduras 50% plantas silvestres Dente de leão, agrião, canonigos, rucula , alface e muitas mais.

De vez enquando pode comer tambem um pouco de carne, insectos e molusculos para receber as proteinas necessárias.
Deves juntar de vez enquando também calcio as suas refeições.

Agora o terrário

É uma especie que ficava razoavelmente grande logo vai precisar de bastante espaço em adulto mas se tiveres a pensar aduirir uma cria não precisa de ser muito grande.
Temperaturas penso que é a ambiente dado a tua localização geográfica deve ter humidasdes altas cerca de 80% e um recipiente (tipo um lago de facil acesso é nao mt profundo apenas para se banhar) para se banhar é importante que a humidade seja alta para evitar problemas com os olhos Falas de concreto para substracto!!

Cimento? é a isso que te referes? Eu nao acho muito agradavel cimento se for disso que estás a falar

Aconselho-te uma mistura de turfa com fibra de coco
A nivel de doenças esta é uma especie resistente tem é que ter humidade altas para evitar problemas de olhos como ja disse Resta dizer que os acho animais muito bonitos que se adaptam bem a nós e nao custumam ser nada agressivos .

Na certa você já viu um jabuti passeando sem pressa em um quintal ou jardim e o confundiu com uma tartaruga.

Na verdade são animais diferentes.

O primeiro vive na terra, enquanto o segundo é aquático, de água doce ou salgada.
Assim como muitos outros bichos silvestres, o jabuti está na lista das espécies brasileiras ameaçadas de extinção e, por isso, é protegido pelo Ibama, que autoriza apenas a criação de dois tipos, o jabuti- piranga e o jabuti-tinga. Na hora da compra, exija uma nota fiscal emitida pelo órgão para se certificar de que a transação foi feita de acordo com a legislação e, claro, observe se o animal está com boa saúde (veja o quadro abaixo).

Fácil de criar, o jabuti pode ser mantido no quintal ou no terrário.
O que não é opcional é a iluminação

ele precisa de luz solar direta todos os dias.
“Os raios ultravioleta ativam substâncias precursoras da vitamina D, nutriente que fixa cálcio nos ossos, o que é fundamental para o jabuti não ficar com o casco mole”, explica o veterinário Alexandre Pessoa, um especialista em répteis, de São Paulo.

Além disso, a fonte externa de calor faz todo o seu organismo funcionar de forma mais adequada. Então, se o terrário não dispuser de luz natural, você pode instalar lâmpadas específicas ou mesmo uma comum de 50 watts, que manterá a temperatura entre 25 e 28 graus.

Uma casinha de cachorro é um bom abrigo, desde que seja bem aquecida. “Senão o jabuti fica apático e imunodeprimido”.

Em outras palavras, tornase presa fácil de doenças como pneumonia, provocada por vírus ou bactérias. Já sintomas como diarréia, corrimento nasal e espuma na boca podem indicar uma interite, inflamação no intestino.

Embora o jabuti ande devagar, quase parando, pisos lisos são um perigo.
“Eles forçam os membros do animal”, diz o veterinário André Grespan, do Parque Zoológico de São Paulo, que recomenda um chão rústico de terra ou grama, mesmo que seja artificial.

E a alimentação?

“Ofereça uma refeição ao dia, com frutas, legumes, queijo branco e verduras, especialmente as verde-escuras.” Uma vez por semana, carne moída misturada com suplemento de cálcio deve entrar no cardápio. Se preferir, compre rações específicas.

Os jabutis são dóceis, convivem bem com crianças e outros animais. “Mas, se for mordido por um cão ou cair, pode até morrer”, alerta o veterinário Celso Martins, da Universidade Metodista de São Paulo. Os cuidados com a higiene são simples. “Recolha sempre as fezes e os restos de comida e dê banho em dias quentes”, ensina Celso. Para isso você tanto pode passar um pano úmido como jogar água morna — mas só quando ele estiver visivelmente sujo.

CONHEÇA O BICHO

Nomes científicos: O do jabuti-piranga é Geochelone carbonaria; e o do Jabuti-tinga é Geochelone denticulata.Também são conhecidos como: Jabuti vermelho e jabuti amarelo, respectivamente.Tamanho: O jabuti-piranga chega a 51 centímetros; o jabuti-tinga pode alcançar os 70.

FAÇA A ESCOLHA CERTA

Na hora de comprar seu jabuti, observe estes aspectos
Recuse o bicho muito pequeno, porque ele é bem mais frágil.• Dê preferência ao animal que esteja se locomovendo bem.• Opte por aquele que estiver com os olhos bem abertos e sem secreções.• Apalpe o casco. Ele deve estar firme.

De que os jabutis de alimentam?

Os Jabutis são animais onívoros, ou seja, se alimentam de substâncias animais e vegetais.
Costumam comer carne, frutas doces, verduras e legumes.
Possuem hábitos diurnos e gregários (vivem em bandos) e passam o tempo em busca de alimento, especialmente os de cores vermelhas e amarelas.

Os jabutis não possuem dentes.

No lugar deles, há uma placa óssea que funciona como uma lâmina.
Os recipientes de água e comida devem ser lavados todos os dias e as fezes devem ser retiradas pelo menos duas vezes por semana, senão, o jabuti pode comê-las.

Quantos anos vive um jabuti?

Eles vivem, em média, 80 anos, mas alguns ultrapassam um século de vida.
Depois de adultos, é praticamente impossível identificar a idade de um jabuti pela a aparência.

Como saber se meu jabuti é macho ou fêmea?
Uma das principais características destes répteis é o plastrão (parte de baixo).
Nos machos ele é côncavo(virado pra dentro,com uma cavidade) e nas fêmeas é convexo(bojudo).
Isso facilita o procedimento da cópula, de modo que o macho possa encaixar-se sobre a fêmea. Para isto, é importante que o macho seja maior do que a fêmea.

A partir de que idade o jabuti é adulto?
A partir dos seis anos eles já podem se reproduzir.
Podem acasalar o ano todo, mas a desova das espécies nacionais normalmente ocorre entre agosto e novembro.
A fêmea bota os ovos cerca de dois meses depois da cópula.
Têm-se observado posturas de seis ou sete ovos, porém alguns criadores mencionam posturas de 15 a 20 ovos.
Os ovos devem ser transportados para a incubadora na mesma posição em que foram botados.
A temperatura da incubadora deve ser de 28°C.
A eclosão ocorre entre seis e nove meses.

Como cuidar de um filhote que acabou de nascer?
Para os filhotes, deve haver sempre água fresca em recipiente raso, para o jabutizinho não correr o risco de se afogar.
Não é necessário oferecer alimentos.
Até completarem um mês de idade, eles se nutrem do violeto que fica reservado.
Depois disso, já podem ser reunidos aos animais adultos.
É fundamental que o chão seja gramado e não de terra batida, muito menos de concreto ou de qualquer outro tipo de solo abrasivo.
Isto para impedir que os animais provoquem atrito no plastrão.

Além disso, os machos no período reprodutivo caminham encaixados sobre as fêmeas e tendem a pôr o pênis em contato com o solo, que se for abrasivo pode resultar em graves feridas.

Onde manter o jabuti?

Os jabutis passam longas horas tomando banho de sol, mas em seu viveiro há necessidade de locais com sombras, para eles controlarem a temperatura corporal.
Se forem mantidos em terrário, o comprimento do mesmo deve ser dez vezes o do jabuti e a largura, cinco.
Pode-se substituir o sol por uma lâmpada UVB própria para répteis.
Nesse caso, ela deve ficar acesa oito horas ao dia.
Jardins também são indicados para criar jabutis, mas somente quando ele já tiver atingido cerca de 15 cm de diâmetro.

Não existem restrições legais para manter um jabuti, para a criação extensiva, entretanto é necessária a autorização do ibama.

Comments

comments